comunicação

UMA COMUNICAÇÃO EFICAZ.

Tudo o que Rosemberg Pires nos repassa como fundamental para o bom desempenho de um vendedor corretor de imóveis, pode ser visto como um bom exercício de comunicação eficaz.

E já que estamos no assunto, vale lembrar que, Comunicação é uma via de mão dupla e todo profissional deve ter bem claro em sua mente que aquilo que deve dizer é aquilo que precisa ser dito, dentro de um contexto bem definido e com objetivos claros. Tudo isso só pode ser alcançado se o profissional bem aplicado, realizar um trabalho investigativo prévio, perguntando ou pesquisando. A comunicação eficaz é um processo, e não um discurso bem elaborado. Começa investigando, perguntando, percebendo a situação, as pessoas e o ambiente, para então, poder adaptar a mensagem de forma que seja compreensível ao receptor, levando em consideração os ruídos do processo, as necessidades do público alvo – seu cliente, diferenças culturais, meios utilizados e uma série de outras variáveis.

Um conceito esclarecedor para quem se pretender profissionalizar-se como Vendedor.  O conceito de se manter empregado já não se aplica nos dias de hoje. Se encontrar alguém que conseguiu manter um emprego por trinta anos, estará diante de alguém vivendo o conceito de empregabilidade que vigorou nos dias de nossos pais e avós. Hoje é preferível falarmos sobre empregabilidade, seguindo o entendimento proposto no livro de José Augusto Minarelli sobre o tema. Empregabilidade seria então a capacidade do profissional se manter apto a estar sempre sendo utilizado, pelo mercado. 

O conceito de emprego vem mudando e hoje é comum você encontrar empresas onde o número de colaboradores que fazem parte de sua lista de funcionários é menor do que o de colaboradores que trabalham como prestadores de serviços. Obviamente é mais fácil para a empresa substituir um prestador de serviços que não atenda às expectativas do que substituir um colaborador efetivado.  O momento contemporâneo nos adverte sobre os debates acalorados que envolvem Executivo e Legislativo oficiais sobre duas reformas inadiáveis: trabalhista e da previdência social. Portanto, o profissional deve hoje se preparar para ser um prestador de serviços, mesmo que ainda esteja trabalhando nos padrões tradicionais com carteira assinada. 
Pensando desta forma ele se manterá sempre afinado, em contínuo aprendizado, porque sabe que não existe mais emprego duradouro visando uma aposentadoria, mas uma carreira que irá se adaptando conforme o mercado, seus conhecimentos, habilidades e capacidade de trabalho.

Comunicação é apenas um dos fatores envolvidos numa carreira hoje, mas é um fator importante o suficiente para ser o diferencial entre uma carreira de sucesso ou de fracasso. Afinal, como as pessoas saberão que sou apto se eu não souber demonstrar isso de alguma forma? Essa demonstração da sua capacidade é comunicação.

A comunicação se bem administrada oferece a qualquer empresa agilidade e clareza, sendo ela a responsável pelo desenvolvimento humano e de sua organização. Tudo que é construído, ou destruído, é pela comunicação ou falta dela. Em todas as esferas da atividade humana, as mais variadas, sempre estarão relacionadas com a utilização da Comunicação. Desta forma podemos perceber que a comunicação como um todo, serve para organizar e controlar. As mudanças contínuas e as formas de adequação criam uma nova realidade, pois as empresas cada vez mais têm necessidades de comunicar-se com todos os públicos para poder ser mais competitivas. A máxima de chacrinha, ainda nos anos 60 do século passado, cada vez tem mais valia: “quem não se Comunica se trumbica.”

Fonte: Uma Imagem, uma Ideia, um Produto, Venda o que Seu Cliente Precisa.

Autores: Tadeu Nascimento e Rosemberg Pires